Tecnologia na educação: o que podemos melhorar para o próximo ano? - Britannica Education PT

Procurando soluções de impacto para personalizar seu programa de aprendizado?

Tecnologia na educação: o que podemos melhorar para o próximo ano?

O ano letivo está chegando ao fim e, com isso, chegam as férias de verão. Este momento é ideal para professores e gestores fazerem uma pausa, refletirem e avaliarem o nível de eficácia da cultura e práticas relacionadas à tecnologia dentro de sua escola. Afinal, é importante avaliar se a sua escola está empregando ferramentas digitais da melhor forma ou não.

Recentemente, a UNESCO lançou o Relatório Mundial de Monitoramento da Educação 2023 em um evento em Montevidéu, no Uruguai, com o título “Tecnologia na educação: uma ferramenta nos termos de quem?”. O relatório trouxe importantes questões sobre a digitalização na educação e sua implantação nas instituições de ensino.

“A revolução digital contém um potencial imensurável, mas, assim como tem sido alertado sobre como ela deve ser regulamentada na sociedade, atenção semelhante deve ser dada ao seu uso na educação. Deve ser usado para melhorar as experiências de aprendizagem e o bem-estar de alunos e professores, e não em detrimento deles. É preciso colocar as necessidades do corpo discente em primeiro lugar e apoiar o corpo docente. As conexões online não substituem a interação humana”, disse a diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay.

Abaixo trazemos três pontos importantes do relatório para reflexão e observação de melhorias.

O uso da tecnologia dentro de sua instituição de ensino é feito de forma que beneficie professores e alunos?

De acordo com o relatório, o uso de ferramentas digitais tem o poder de potencializar o aprendizado, mas somente se realizado de forma adequada, com professores qualificados para ensinar com tecnologia. Um exemplo importante citado é o que aconteceu no Peru, onde mais de um milhão de laptops foram distribuídos para alunos, mas sem serem incorporados ao plano pedagógico, portanto, não houve melhora no aprendizado.

Por isso, para realizar um projeto de inclusão de tecnologia no ensino, sua escola precisa preparar e capacitar o corpo docente. Dessa forma, eles terão as competências necessárias para incluir os dispositivos e soluções digitais em sala de aula, e a escola estará fazendo o melhor uso possível dos recursos tecnológicos e obtendo os benefícios que eles trazem.

Outro ponto importante para aplicar adequadamente os recursos digitais em sala de aula é entender se os conteúdos online estão de acordo com o contexto dos estudantes e se estão expostos de forma que eles possam compreendê-los (idioma e nível de dificuldade). O estudo mostrou que 90% dos conteúdos online disponíveis gratuitamente, por exemplo, foram criados na Europa ou América do Norte e não estão disponíveis em português. Portanto, o ideal é investir em materiais e soluções que ofereçam conteúdo traduzido ou que esteja de acordo com o currículo brasileiro.

Sua instituição de ensino oferece acesso à internet a seus alunos, pelo menos dentro da escola?

Um ponto muito destacado no relatório é que o direito à educação está se tornando cada vez mais sinônimo de direito à conectividade; mesmo assim, metade das escolas de Ensino Fundamental da América Latina ainda não possui conexão com a internet. E, ainda segundo o relatório, na hora de escolher tecnologias educacionais, o processo de decisão deve levar em conta a igualdade, a acessibilidade, a responsabilidade local e a apropriação.

Ou seja, é importante que sua instituição verifique se alunos e professores têm conexão à internet em casa e se têm as ferramentas necessárias para acessar a solução escolhida, e também que ajude a prover dispositivos e conectividade, pelo menos enquanto estiverem dentro da escola.

Seu projeto de digitalização na educação levou em conta a segurança digital de alunos e professores?

De acordo com o relatório, os riscos à privacidade tornam seu ambiente de aprendizagem inseguro. Uma análise apontou que 89% dos 163 produtos de tecnologia educacional recomendados para a aprendizagem durante a pandemia da COVID-19 tinham a capacidade de monitorar e/ou monitoravam usuários fora do horário escolar ou dos ambientes educacionais.

Portanto, na hora de optar por uma solução digital para sua escola, é preciso levar em conta a segurança digital e a confiabilidade da empresa que irá fornecer o serviço, observar se ela está cumprindo com as leis de privacidade e, até mesmo, se dentro das plataformas as informações da sua instituição e de seu corpo docente e discente estão seguras.

Essas são apenas algumas questões que trazem importantes pontos de reflexão para aprofundar o projeto de digitalização na educação dentro de sua escola. Com algumas delas, como segurança e confiabilidade, capacitação dos professores para uso de soluções digitais e conteúdo adequado e acessível, a Britannica Education pode ajudar sua instituição a elevar o ensino e aplicar a tecnologia de forma que irá potencializar o aprendizado de seus alunos.

As soluções da Britannica Education são pensadas justamente para prover um ambiente digital seguro, no qual seus alunos e professores podem pesquisar livremente entre conteúdos que foram cuidadosamente curados por especialistas. Além disso, ainda temos conteúdos divididos de acordo com o ciclo do aluno, oferecendo artigos que estão no nível que o seu aluno precisa. Com nossas plataformas, queremos ajudá-los a oferecer os melhores conteúdos para seu corpo docente e discente. Conte com a nossa ajuda para evoluir o seu uso da tecnologia no ensino!

Compartilhe:

Posts relacionados​

Solicite mais informações à equipe Britannica Education no Brasil